CANÇÕES DIFÍCEIS

FÁCEIS DE SABER

1 MARÇO . 15H

 

Uma cantora e atriz (Laura Rui), outra cantora e flautista (Catarina Valadas) e uma acordeonista (Sónia Sobral) desenrolam um novelo de canções estimulantes aos ouvidos de todas as idades. Os espetadores desta nova criação músico-teatral vão levar com sílabas desordenadas, piruetas com as letras, métricas desformatadas, diversões desenfreadas, as gramáticas rasgadas, emoções, tudos e nadas!

O imaginário das crianças não dispensa a vida dos adultos, suas referências. Estas canções apropriam-se de temáticas quotidianas traduzidas para a perceção infantil. Temas que traduzem vivências, desmontando, junto dos mais pequenos, a idiossincrasia e os paradoxos do mundo em que vivem. Pequenas sementes de consciência social. Nunca um espetáculo foi tão infantil e adulto ao mesmo tempo. “Canções Difíceis Fáceis de Saber” é um concerto infanto-adultês.

 

Duração: 45 mins // M/6 (adequado a crianças e famílias)

comprar

 

Ba.ba.baila plim

a história de uma bailarina

6 junho . 10H30

 

Num sótão empoeirado vivem as recordações de uma infância feliz e a magia das pequenas coisas. Um piano, uma trompete, uma guitarra, uma concertina, uma velha darbuka e uma bailarina que dorme profundamente na sua caixinha de música. Um dia, esta desperta e dança para uma viagem pelas estações do ano, acordando consigo a música que sempre viveu naquele sótão, naquela infância. Procura-se o encanto das pequenas expressões, há a sensibilidade de uma bailarina e a leveza e a rapidez do vento que sopra as folhas do Outono, surgem reminescências do cancioneiro aveirense e instrumentos improváveis, sempre com a música como moto principal. Essa é interpretada ao vivo, possibilitando o contacto e a experiência acústica.

Duração: 45 mins // M: 0-3 anos
Lotação: 50 bebés com acompanhante

comprar

 

MÃO VERDE

3 OUTUBRO . 15H

 

Mão Verde é um concerto temático, em torno das plantas, da agricultura,
da alimentação, dos cheiros das ervas aromáticas, da cor das
flores e com uma clara motivação ecologista. 
Começou por ser um espetáculo a dois que, entretanto, deu origem a um disco e um livro, ou melhor a um lisco e um divro que, sendo para crianças, não se quer infantil; o disco tem música de Pedro Geraldes e lengalengas originais escritas e cantaroladas por Capicua e o livro, além das lengalengas escritas no papel, tem ilustrações de Maria Herreros e notas didáticas que ajudam a aprofundar o conteúdo das letras.
Ter a mão verde nasce da tradução de uma expressão francesa,que significa ter jeito para as plantas e talento para a jardinagem.Assim sendo, o Mão Verde é a celebração desse cuidado e serve para inspirar pequenos jardineiros.
A novidade é que a dupla Ana Matos (voz) e Pedro Geraldes (guitarra, programações e teclado) se transforma agora em banda com Francisca Cortesão a assegurar o baixo e também voz, e António Serginho a percussão e teclado.
Este quarteto fantástico faz das rimas, histórias, rap e jogos de palavras uma festa, com as batidas coloridas a ganharem uma nova vida sob os diversos instrumentos tocados ao vivo. 

Canções alegres, com mensagens importantes e personagens inesquecíveis, numa abordagem tão inteligente quanto divertida, para ouvir, ler e colher, cuidar e crescer. 
Para verdes, para maduros!

 

Duração: 60 mins // CE: Idealmente entre os 3 e os 8 anos + pais

comprar

 

O SAXOFONE E AS ESTRELAS

NOVEMBRO JAZZ

7 NOVEMBRO . 15H

 

Cai a noite, surgem estrelas e um mundo de encantar.
Por entre sons, uma menina descobre a magia das estrelas e da lua, com instrumentos e vozes que fazem sonhar.

Duração: 45 mins // M: 0-3 anos

comprar

 

DO BOLSO DE WALT

13 DEZEMBRO . 15H

 

Desenvolvido com os produtores Lilian Genn (Áustria) e Sune Skuldbøl Vraa (Dinamarca) no âmbito dos Young Audiences Music Awards 2017, Do Bolso de Walt traz-nos uma viagem pelas canções do universo cinematográfico da Disney. A premissa musical é, em geral, a mesma: novas roupagens adaptadas a cinco vozes femininas e muitos instrumentos acústicos. Do reportório, fazem parte temas de filmes marcantes como Mary Poppins, Rei Leão, A Bela Adormecida, sem esquecer os contemporâneos Toy Story ou Ratatatui. 
Com uma dinâmica teatral e de movimento bem vincada, o espectáculo propõe-se à criação de pequenos quadros animados, formando uma espécie de contínua rapsódia áudio-visual bem cozinhada, de fazer as delícias ao mais exigente Anton Ego. Espectáculo adequado a qualquer faixa etária, em especial famílias. 

Duração: 60 mins // M/6 (especial famílias)

comprar

 

CASA DA CRIATIVIDADE, PRAÇA 25 DE ABRIL, SÃO JOÃO DA MADEIRA, PORTUGAL