Cartaz _ A Tigela de Madeira_small  (1).jpg
 

A Tigela de Madeira

A tigela de Madeira é uma adaptação dum conto oriental que nos fala da importância de cuidarmos da pessoa idosa.

Este conto relata a história duma família muito agitada, que se vê confrontada com a necessidade de cuidar do avô, uma pessoa já muito limitada e dependente.

Como conseguirá esta família enfrentar este desafio?

Que aprendizagem e tomadas de consciência estarão presentes nesta história para cada um de nós?

Como encaramos nós esta realidade de envelhecer?

.

31 de MARÇO de 2017, 21h |  CASA DA CRIATIVIDADE | M3 D60m | bilhetes à venda na Casa da Criatividade e Paços da Cultura

 
 
jimmy.jpg

Rapper Jimmy P na Casa da Criatividade
dá voz ao combate à violência no namoro

A música e o teatro vão marcar a apresentação do livro “Amar-te e Respeitar-te” em S. João da Madeira, agendada para segunda-feira (3 de abril), às 18h30, na Casa da Criatividade, numa coorganização da Câmara Municipal e da Associação de Estudantes da Escola Secundária João da Silva Correia.

Este é um projeto pedagógico de combate à violência no namoro, desenvolvido pela editora Betweien em coautoria com o músico Jimmy P, visando “capacitar e dotar os e as jovens com ferramentas de diagnóstico e de prevenção de comportamentos agressivos nas relações de namoro, dos próprios e/ou dos seus pares”.

No site www.amar-teerespeitar-te.com, pode ler-se que o mesmo, para além do livro, “compreende temas originais, musicados pelo Jimmy P, e uma peça de teatro, que é a adaptação das histórias do livro ao teatro”. Direcionado aos alunos e às alunas do 3.º ciclo do Ensino Básico e Ensino Secundário, este projeto beneficia de uma “parceria estratégica com a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV)”.

Cada bilhete para o espetáculo dá direito a um livro autografado

Ant e Maria_Foto Cartaz_©nunofigueira2015.jpeg

antónio e maria, com maria rueff

Espetáculo de abertura do XI Festival de Teatro de S. João da Madeira

O Teatro Meridional dá forma e caminho a mais um projeto tão singular da identidade portuguesa - partir do grande e profundo universo literário de António Lobo Antunes identificando um conjunto de personagens cujas vozes são quase corpóreas e cuja identidade é pertença de uma matriz lusitana.

Mulheres e Homens de diferentes estratos sociais, frágeis, fortes, pessoas ambíguas. Mulheres só desenhadas no silêncio de cenas quotidianas, outras explodindo ou implodindo na poética tantas vezes dolorosa do mundo com humor e intensidade, é o sentido deste espectáculo.

Uma atriz, Maria Rueff, cuja versatilidade no entendimento e na capacidade de concretizar através da construção de personagens a ampla diversidade humana é muito partícular, é o corpo, a sensibilidade e a voz que interpelará, na cena, o mundo.

O espetáculo ANTÓNIO e MARIA é uma procura, uma surpresa, um monólogo múltiplo de mulheres. Vozes mutantes num corpo iluminado. Um exercício, por assim dizer, de doméstico sublime. Aproveitando uma lição simples do escritor para a vida toda: Espreitar para dentro de uma bota porque às vezes há coisas.

21 de ABRIL de 2017, 21h30 |  CASA DA CRIATIVIDADE | M16 D70m | bilhetes à venda aqui

H'ora viva.jpg

Deslumbrante - Grupo h'Ora Viva! 

XI Festival de Teatro de S. João da Madeira

A chegada à pacata aldeia de um personagem desconhecido, vai alterar a vida pachorrenta e alegre dos seus habitantes.

À confusão e turbulência iniciais, rapidamente, a reduzida população respondeu com a sua habitual calma e amizade.

Porém, um terceiro elemento acabava também por assentar arraiais, o Amor.

22 de ABRIL de 2017, 15h30 |  PAÇOS DA CULTURA | M12 D60m | bilhetes à venda aqui

DSC_0239.jpg

Tartufo, com Maria do Céu Guerra

Espetáculo de encerramento do XI Festival de Teatro de S. João da Madeira

“Não há nenhum pecado se pecar em silêncio" (Tartufo, IV, 5)

Ou seja, podes ser falso e corrupto mas não sejas estúpido.

“Tartufo”, do teatro A Barraca, é uma das comédias mais célebres de Molière. O dramaturgo utilizava a linguagem cómica, abordando com mordacidade as relações humanas que envolvem a religião, o poder e a ascensão social. Os temas da obra são Universais e intemporais. A manipulação dos valores e sentimentos, a falência de uma ética e moral necessária para a solidez do tecido social, tornam este texto de uma atualidade radical. Tartufo é uma peça exemplarmente universal para os tempos atuais.

5 de MAIO de 2017, 21h30 |  CASA DA CRIATIVIDADE | M12 D75m | bilhetes à venda aqui

 

Carminho_LeoAversa414E.jpg

Carminho 

Quando Carminho canta, a Alma e o Fado estão sempre lá.

Em 2009 editou o seu primeiro álbum Fado, considerado  a maior revelação do fado da última década (Time Out). Com Perdoname, com Pablo Alborán, Carminho tornou-se na primeira artista portuguesa a atingir o número 1 do top espanhol, lançando em 2012 o seu segundo álbum, "ALMA", que estreou em primeiro lugar nos tops de venda portugueses e alcançou lugares de destaque em vários tops internacionais.

No final de 2014 foi editado o terceiro álbum de Carminho, Canto, que abarca alegremente Caetano Veloso (que escreveu a letra do inédito O Sol, Eu e Tu) e inclui dueto com Marisa Monte e várias participações especiais. Um Canto que, como canção de marinheiros que o Fado também é (e sempre foi), se alimenta do mundo para moldar uma alma profundamente portuguesa uma alma para a qual a voz de Carminho é, cada vez mais, a perfeita tradução em palavras e sons.

12 de MAIO de 2017, 21h30 |  CASA DA CRIATIVIDADE | M6 D80m | bilhetes à venda aqui

QuemAndaRoubarEstrelasCARTAZ_FB.jpg

Quem anda a roubar as estrelas - Grupo Ladrão de sonhos

XI Festival de Teatro de S. João da Madeira

Em noites de lua cheia, as estrelas aproximavam-se da Terra para a fazerem brilhar. Havia um homenzinho solitário que as quis guardar todas só para si, caçando-as como se fossem borboletas. Mas com a amizade das estrelas, compreendeu que a liberdade é um tesouro que não se pode enjaular.

22 de ABRIL de 2017, 21h30 |  CASA DA CRIATIVIDADE | M3 D50m | bilhetes à venda aqui