Informa-se que a partir do dia 12 de Junho a Casa da Criatividade passará a estar aberta ao público apenas em dias de espetáculos e/ou eventos, a partir das 18h.

Os Paços da Cultura mantêm o horário normal de funcionamento, de segunda-feira a sábado, entre as 10h30 e as 13h00 e as 14h00 e as 18h30.

Captain Boy by Johan Bergmark _Low Resolution.jpg

CAPTAIN BOY

Apresentação do disco de estreia 1

Informamos que por motivos de força maior o espectáculo do Artista Captain Boy agendado para o dia 15 de Setembro foi adiado, tendo como nova data de realização o dia 11 de Novembro (sábado). Os bilhetes para a nova data já estão em venda!

Captain Boy é o alter ego do músico Vimaranense Pedro Ribeiro. Vagabundo com voz rouca e guitarra a tiracolo, Captain Boy canta histórias que transcendem o tempo. A sonoridade ferrugenta acompanha-o em todas as actuações remetendo-nos para um ambiente como se nós próprios estivéssemos a bordo de um barco imaginário. O primeiro EP do Artista foi editado em 2015, com a distribuição digital da Universal Music Portugal. No mesmo ano, e resultado da parceria com a plataforma Tradiio, Captain Boy chegou ao primeiro lugar do Top50 das mais de 1200 bandas a votação na Tradiio e foi escolhido para abrir o palco EDP do Festival Super Bock Super Rock em Julho de 2015. Em 2016 chegam-nos os temas Tango e Honey Bunny, ambos com estreia na Antena 3.
O disco de estreia de Captain Boy chama-se 1 e foi editado em Janeiro de 2017 pela Moon Records. Um álbum sobre fragilidades que começa no número um da capa escrito numa placa de ishihara, que Captain Boy não lê porque é daltónico, e que termina quando chegamos a casa, na última música. Todo o álbum foi gravado na sua forma mais crua, despido de tudo o que é acessório, criando um canal directo entre as gravações e quem o ouve.
Sailorman, o segundo single de 1, já toca nas rádios desde o início do ano. O tema é uma conversa interior, como tantas que Captain Boy tem com o subconsciente. "Uma conversa para limpar as manchas dos vidros que por vezes não nos deixam ter uma visão clara do que somos."
Ao vivo o Artista apresenta-se com os The Pirates (baixo, bateria e guitarra).

11 de Novembro I 21h30 I Paços da Cultura I M 3 anos I 60m I Bilhetes disponíveis aqui

Imagem_22setembro.jpg

De como a Cultura leva a Indústria até à Representação

Esta Conferência integra a cultura, a arte, a literatura, as artes gráficas e acções com a comunidade envolvente, que quer fazer a ligação fundamental destes temas com a inovação e desenvolvimento empresarial e desta forma contribuir para este tema algo inovador mas já experimentado na acção de algumas empresas e que vai contribuir para a disseminação no tecido empresarial critico para as empresas do futuro.
Será um evento sui generis, mas com raízes profundas na cidade do trabalho com vista a futuros desejáveis. Da união da fábrica com a cultura surgirá o Operário em construção. De tudo isto, será feita prova no palco. Trata-se, tão-somente, de uma conversa com a Cidade, carregada de experiências e sabedoria. Espetáculo promovido pelo grupo de teatro AceiTe, no âmbito das comemorações dos 90 anos do Concelho.
Espetáculo no âmbito dos 90 anos do Município SJM.


22 Setembro I 21h I Casa da Criatividade I M 3 I 90m I Bilhetes disponíveis aqui

Dancing Barroco.jpg

DANCING BARROCO

A Companhia de Dança Spirit of Art (Academia de Bailado Liliana Leite / Associação Cultural Spirit of Art) apresenta Dancing Barroco, um bailado neoclássico que é uma celebração coreográfica da música barroca.
Esta performance alia uma coreografia rigorosa a uma forte componente sonora viajando pelo mundo barroco.
Percursos ascendentes e descendentes, pulsações de vida geradoras de movimentos, coreografam-se fluxos de linhas e perseguem-se atmosferas.
A dança como puro prazer de dançar!

1ª parte: Magnificat [Bach]
2ª parte: Four Seasons [Vivaldi]

Espetáculo no âmbito dos 90 anos do Município SJM.


23 Setembro I 21h30 I Casa da Criatividade I M 3 I 75m I Bilhetes disponíveis aqui

Capa_TN_1500x500px_2 (1).jpg

 

CONFERÊNCIA Inovar e Empreender na Indústria / O caminho do futuro

TheNetwork é um evento muito inovador que materializa 3 aspetos: 
#networking + #proximidade + #utilidade
Permite um vasto leque de oportunidades de negócio a diversas empresas, empresários e empreendedores junto de líderes económicos nacionais de renome.TheNetwork possui nos seus eventos diversos formatos inovadores, com uma forte componente digital e de interação entre oradores e participantes através de aplicações móveis, live-stream, redes sociais e plataformas online, possibilitando a participantes ‘ausentes’ a interação com todos os convidados da organização, através de vídeo e escrita.Neste evento não há limites para a conetividade e para o networking, estando igualmente estas ações envoltas num ambiente muito diferenciador, através de momentos dinâmicas, como múltiplos programas sociais, almoços de networking, entre outros
.


26 Setembro I9h às 16h30 I 27 Setembro I 13h30 às 19h I Casa da Criatividade I Empresários e investidores / Empreendedores e Startups I Mais informações aqui

 

 

FOTOGRAFIA PROMO BRUNO SIMÃO GUIA PRATICO.jpg

CRINABEL TEATRO APRESENTA GUIA PRÁTICO PARA ARTISTAS OCUPADOS
Inspirado em A Play of Selves de Cindy Sherman

Em meados dos anos 70, Cindy Sherman explorava várias manipulações da sua própria persona, experimentando maquilhagem e figurinos, para depois começar a explorar a fotografia. A Play of Selves é um conto visual constituído por uma série de 72 encenações fotográficas que a artista cria em torno de uma jovem perseguida por vários alter-egos que lutam dentro dela. Esta
peça, constituída por dezenas de fotografias da artista vestida de tantas personagens quanto de poses, foi oferecida pela BoCA ao encenador Marco Paiva para que servisse de inspiração à criação de um novo espetáculo do colectivo Crinabel Teatro. Desenvolvendo um trabalho artístico continuado com jovens portadores de deficiência mental, o Crinabel Teatro é um projeto pioneiro no nosso país para o qual colaboram regularmente artistas e dramaturgos diferentes sob a direção de Marco Paiva.
Em Guia Prático para Artistas Ocupados , os criadores, juntamente com 13 intérpretes, desafiam a fronteira entre a ficção e
a realidade, tentando encontrar, entre o universo criativo da fotógrafa Cindy Sherman e o deles, uma possibilidade de alterar formas e conteúdos paradigmáticos, colocando em causa os sentidos absolutos.

A CERCI de S. joão da Madeira, com o apoio do Município, promove a apresentação deste espetáculo!


29 Setembro I 21h30 I Paços da Cultura I M 12 anos I 45m I Bilhetes disponíveis aqui

_87A8138(c)ALIPIOPADILHA.JPG

PALAVRA CANTADA

Teatro musical infantil

A história da Palavra Cantada começa a ser escrita há mais ou menos 20 anos no Brasil.
Muitos milhões de seguidores e de crianças felizes depois, nasce agora a versão portuguesa.
Através da música e das palavras, as canções da Palavra Cantada procuram sempre ajudar todos os pais a educar, mas também a desafiar e despertar as suas crianças, tentando abordar de uma forma lúdica, sensível e com humor, temas tão essenciais como a ecologia, a alimentação saudável e a higiene.
As canções da Palavra Cantada já se fazem ouvir no Canal Panda. O disco editado pela Sony Music Portugal em Julho está no Top 5 de vendas nacional dará origem a um Espectáculo de teatro musical para ser apresentado nos teatros nacionais.
Em palco, Sandrinha e Paulinho vão apresentar as músicas, partilhar aventuras e conduzir miúdos (e graúdos) num espetáculo de teatro musical divertido e de grande interação, para toda a família!

30 de Setembro I 15h30 I Casa da Criatividade I Todas as idades I 70m I Bilhetes disponíveis aqui

Trabalhadores_com_Diana_Basto.jpg

TRABALHADORES DO COMÉRCIO

Os grandes clássicos dos anos 80

Os Trabalhadores do Comércio são uma banda de música portuguesa formada na década de 80.
Alcançaram grande sucesso com temas como "Chamem a Polícia", "A Cançom Que o Abô Minsinou", "A Chabala do Meu Curaçom", "Apunhalaste a Minha Mãe", "Molhareita Fartura na Tua Tassa Quente" ou "Taquetinho Ou Lebas Nu Fucinhu".
Em 1986 participaram no Festival RTP da Canção com o tema Tigres de Bengala, que se classificou no pódio.
Depois de alguns anos de ausência voltaram ao palco, apresentando-se agora nos Paços da Cultura, revisitando os seus grandes clássicos.

6 de Outubro I 21h30 I Paços da Cultura I M 12 anos I 90m I Bilhetes disponíveis aqui

ESTA NOITE CHOVEU PRATAImagem Promocional.jpg

ESTA NOITE CHOVEU PRATA,  de Pedro Bloch

Teatro com o consagrado ator Sinde Filipe

Com esta peça, uma adaptação, encenação e representação confiadas a um dos mais conceituados atores portugueses  SINDE FILIPE,  a C2E abraça um género teatral novo para a Produtora.
Três personagens, com cromatismos e registos completamente diferentes, são recreados pelo mesmo ator. São eles:

RODRIGUES - Um Português emigrado no Brasil, self-made-man, rude mas generoso e com bom coração;

PIETRO BONARDI - Um violinista italiano (pseudo-maestro), com mais talento verbal do que musical;

CAMILO - Um velho actor, antiga vedeta, agora doente e arruinado.

Haverá ainda uma outra personagem que, embora nunca aparecendo, estará sempre presente com elo de ligação entre os três outros. Trata-se de CELESTE, com quem Camilo casou mas que foi seduzida por Bonardi.

Peça de densas e continuas emoções, quis Pedro Bloch proporcionar a um grande ator mostrar toda a sua capacidade interpretativa. Deverá por isso, ser representada em tom maior, tal como fez JOÃO VILLARET  o seu criador em Portugal  que obteve com ela, um dos maiores, senão mesmo o maior êxito da sua brilhante carreira.

21 de Outubro I 21h30 I Casa da Criatividade I M 14 I 90m I Bilhetes disponíveis aqui

JORGE_PALMA_FOTO (1).jpg

jorge palma

Jorge Palma dispensa apresentações. Com mais de 40 anos de carreira é um nome incontornável do panorama musical português. Compositor, poeta, intérprete e exímio pianista, Jorge Palma começou a dar cartas logo cedo, quando aos 13 anos venceu o segundo prémio e uma menção honrosa num Concurso Internacional das Juventudes Musicais, realizado em Palma de Maiorca. Aprendendo piano desde os seis anos, o percurso de vida de Jorge Palma observa-se sempre a par da música, sua maior forma de expressão. Correu a Europa de guitarra em punho tocando nas ruas de cidades como Paris e Copenhaga, terminou o Curso Superior de Piano em 1990 e editou vários discos de originais, compondo êxitos, somando discos de ouro, tendo atingindo a marca da dupla platina com Voo Nocturno. Venceu o prémio José Afonso em 2002, e em 2008 e 2012 foi o vencedor do Globo de Ouro na categoria de melhor intérprete. Pelo seu último disco «Com Todo o Respeito» foi ainda galardoado pela SPA com o prémio Pedro Osório. Desde os anos 70 que esgota salas um pouco por todo o país, desde as mais emblemáticas, até aos palcos mais intimistas, tendo também passado por festivais como o Meo Sudoeste, Festa do Avante, Super Bock Super Rock e Rock in Rio. Vicente Palma e Gabriel Gomes (ex-Madredeus e Sétima Legião), são os dois músicos que o acompanham no seu formato acústico. Vicente surge na guitarra, no piano ou na voz, acompanhando Jorge Palma em alguns dos temas que juntos já tocam há mais de uma década. Gabriel Gomes oferece a sonoridade do seu acordeão para criar ambientes verdadeiramente íntimos e especiais.

28 de Outubro I 21h30 I Casa da Criatividade I M 4 anos I 90m I Bilhetes disponíveis aqui

W2017_RCB_abelaadormecida_SJMADEIRA.jpg

A BELA ADORMECIDA

A deslumbrante obra-prima do bailado clássico, pela companhia de ballet Russian Classical Ballet.

A obra-prima do bailado clássico que vai encantar o grande público, interpretado pela brilhante e prestigiada companhia de ballet Russian Classical Ballet, de Moscovo, que apresenta um esplendoroso elenco de estrelas do ballet Russo, que dão corpo a esta companhia, liderada por Evgeniya Bespalova (na personagem de Aurora) e Denis Karakashev (na personagem de Príncipe Désiré).
A Bela Adormecida desperta a magia dos contos de fadas. Um mundo encantado de castelos e florestas, maldições e fadas; somente o beijo do amor verdadeiro conseguirá desfazer o feitiço a sagração do Romantismo.
Baseado no conto La Belle au bois Dormant, de Charles Perrault, bem ao estilo francês do século XVIII, é considerado um dos bailados que maior interesse desperta no grande público. 
Repleta de romantismo e marcada pelo lirismo, esta obra representa um grande desafio para os bailarinos, sobretudo na interpretação da personagem principal Princesa Aurora, exigindo um estilo académico cristalino elegante e frágil. 
Dançado por todas as companhias do mundo, esta obra-prima de Pyotr Tchaikovsky é sem dúvida uma das mais belas páginas do ilustre compositor russo. Melodias imperecíveis como Rosa Adagio e Grande Valse Villageoise revelam o lirismo do autor. A relação da música de Tchaikovsky com a coreografia de Marius Petipa é de tal forma perfeita que seria difícil imaginar outra leitura da partitura. Por isso, música e coreografia numa simbiose genial fizeram com que esta peça fosse considerada a obra emblemática da dança clássica.
Esta produção clássica apresenta cenografia de uma beleza e um realismo incríveis, figurinos manufacturados com detalhes sumptuosos, e um elenco de solistas e corpo de baile irrepreensíveis liderados por duas Estrelas da Dança Internacional. 
Aceite o nosso convite e presencie o espetáculo que irá marcar este Natal. Assista à obra-prima de Tchaikovsky, um momento imperdível e memorável que irá certamente querer partilhar. 

10 de Dezembro I 17h I Casa da Criatividade I M 6 anos I 135m I Bilhetes disponíveis aqui